Uma unção no ar

Filha de pastor desfila pelada no carnaval: “Não estou com vergonha”

A decisão de um cristão participar do carnaval é condenada pela absoluta maioria das igrejas evangélicas. É consenso entre os pastores que essa festa anual contraria diversas doutrinas do cristianismo, fundamentadas na Bíblia Sagrada, uma vez que promove práticas e valores destrutivos para a vida espiritual e física do ser humano.
Apesar disso, alguns evangélicos dizem ser possível estar presente no carnaval. Entre esses, a maioria diz querer levar a mensagem do Evangelho através de blocos gospels, se diferenciando da multidão com músicas e trajes típicos que fazem referência a Cristo, tendo como objetivo alcançar outras pessoas.
Mas também há quem diga ser possível participar do carnaval, sendo evangélico, em nome da “arte”. Esse é o caso de Simone Cerqueira, que este ano desfilou praticamente nua pela escola de samba Beija-Flor, na celebração dos 70 anos da agremiação no Carnaval do Rio de Janeiro.
Utilizando apenas uma sandália de dedo e uma calcinha dourada, deixando os seios completamente expostos, a jovem virou notícia nas mídias, em particular, por ser filha de um pastor evangélico.
Segundo informações do portal UOL, Simone parece acreditar que seu desfile no carnaval pode ser justificado por se tratar de um trabalho, onde a nudez, neste caso, é compreensível devido ao “contexto”.
“Não estou com vergonha, sou atriz e essa fantasia, ou melhor, a falta dela, tem um contexto. Se não tivesse, nem topava”, disse ela, que logo em seguida lembrou do pai, que apesar de já ter tomado conhecimento do seu desfile, não sabia que seria seminu.
“Meu pai tem 64 anos e é pastor evangélico. Falei para ele que ia desfilar com pouca roupa, mas não disse que era pelada”, disse ela.
Ele vai descobrir pela televisão, vai ficar chateado e falar que eu não precisava fazer isso. Mas vou explicar que é pela arte e ele vai entender”, sustenta a jovem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial